Make your own free website on Tripod.com

ERROS DA ARTE MAHIKARI

 

Fundador: Kotama Okada(1901-1974).
Fundação:No Japão em 1959.
O Nome: A palavra é formada por dois vocábulos: MA(verdade) e HIKARI(luz), ou seja a "luz da verdade".
Templo sede: Inaugurado em 1984 na "terra sagrada" de Takayama, Japão,chamado de o grande templo de "SU -ZA" ("Altar dedicado ao Deus Supremo") .

Chegada ao Brasil: Em 1973, conta com 54 templos(os dojôs), cuja sede se encontra na Rua São Joaquim, 105, bairro da Liberdade.
História: Yoshikazu Okada, depois conhecido como Kotama Okada nasceu em 1901 em Nakayama, Japão, era um antigo oficial da guarda imperial japonesa antes de se tornar um industrial arruinado durante a Segunda Guerra Mundial. Depois da guerra aderiu a um movimento religioso chamado "Sekai Kyusei Kyo" (Igreja Messiânica Mundial)que foi fundado em 1934 por Mokichi Okada, que por sua vez era dissidente da seita , "Omoto Kyo". Kotama Okada recebeu revelações especiais de Deus, e fundou em 1959 seu próprio movimento , a "Sekai Mahikari Brunmei Kyodan". Após a morte de Okada, a liderança do movimento foi disputada por sua filha adotiva Sachiko e por um adepto de nome Sekiguchi Sakae. O caso foi levado ao Tribunal Supremo do Japão, que reconheceu Sekiguchi como o único sucessor legal da organização fundada por Okada. Sachiko descontente com a decisão e julgando-se a única a poder suceder seu pai, fundou em 1978 uma facção dissidente, a "Sukio Mahikari" , e esse movimento conta com a maioria dos seguidores de Okada. Posteriormente Sachiko mudou seu nome para Keishu Okada,conhecida também como Oshienushi-sama(Mestre de ensinos). Sachiko transmite regularmente ensinos "revelados por Deus" para ajudarem as pessoas criarem um mundo civilizado,e transmite a prática de radiar a "Luz de Deus".
Fontes de autoridade:
1.Goseigen:Livro de palavras sagradas, é a principal fonte de autoridade da A.R, é uma coleção de 486 páginas de revelações que Okada recebeu durante a noite.Esse livro é considerado tão santo que é proibido colocá-lo no chão ou lê-lo sem lavar as mãos primeiro.
2.Mioshie: Os ensinos sagrados.
3.a Bíblia(de acordo com a visão de Okada)
4.os sutras budistas
Doutrinas Errôneas:
Muitas das doutrinas da Arte Mahikari(A.R) foram assimiladas diretamente da Igreja Messiânica Mundial, por exemplo:Teoria das impurezas, pratica da purificação, uso de um medalhão(amuleto),etc. Abaixo estaremos descrevendo as doutrinas falsas dessa seita, e em seguida a refutação bíblica.

1.Okada é o Messias de Deus
Okada recebeu muitas revelações do Deus Supremo, enquanto que os mensageiros que o precederam(Moisés, Sakymuni, Jesus Cristo, Maomé) não ouviram mais do que a voz dos deuses criados pelo Deus Supremo.
Ele conhece todo o "Programa Divino e os mistérios do Universo" e foi chamado para anunciar ao mundo materialista que o futuro será apocalíptico, somente ele poderá purificar e salvar a humanidade, corrigir e reconstruir o mundo e unificar as religiões.
Refutação:
As pretensões de Okada são absurdas, o Messias já veio ao mundo, e esse Messias é Jesus(Mateus 16:16; João 4:25,26). Jesus advertiu-nos dos falsos messias("cristo" no grego,Mateus 24:5). O ensino de que Jesus ouviu apenas "a voz dos deuses criados pelo Deus Supremo" é outro absurdo. Jesus mesmo é o Deus Supremo, Criador dos céus e da terra( João 1:1-3). Acreditar que um Deus Supremo fez deuses menores é uma crença "henoteísta", e a Bíblia ensina apenas o "monoteísmo", ou seja, só há um Deus verdadeiro (Deuteronômio 6:4; I Timóteo 2:5; Tiago 2:19) O verdadeiro Salvador da humanidade é Jesus Cristo ( João 3:17; Filipenses 3:20-21).
2. Okada recebe o título de "Salvador da humanidade"
Kotama Okada é conhecido pelos adeptos da A.R como "Sukuinushi- Sama"("Salvador da humanidade"). Okada se considera o único Salvador da humanidade, enquanto que Jesus Cristo é considerado como um profeta em nível inferior e com menor poder espiritual do que ele.
Refutação:
Como mencionamos anteriormente, somente Jesus é o Salvador da humanidade, o título recebido pelo fundador da A.R é pura pretensão errônea. A salvação está em reconhecer Jesus Cristo e não Kotama Okada (Romanos 10:-13; João 14:6). Esse ensino da A.R é diabólico porque desvia a atenção de Jesus para um homem pecador e limitado(Colossenses 1:15-19). Jesus não é apenas mais um profeta, ele é mais do que um profeta, ele é "O Profeta" (Deuteronômio 18:15,18-19; Atos 7:37; João 7:40, 6:14; Mateus 12:41-42). Jesus é o Verdadeiro Deus e a vida eterna (I João 5:20), por isso ele pode declarar: "E não há outro Deus senão eu; Deus justo e Salvador, não há fora de mim. Olhai para mim e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro."(Isaías 45:21-22) Todo poder no céu e na terra pertence a Jesus (Mateus 28:18).
3.Okada, o "outro Consolador" prometido por Jesus
A A.R acredita que Kotama Okada é o Consolador prometido por Jesus em João 16:13, que conduziria os seus discípulos a toda verdade. Jesus Cristo, Buda e Maomé obtiveram resultados apenas parciais durante os seus ministérios, apesar de serem os três profetas de mais destaque no planeta. No entanto as religiões fundadas pelos três possuem apenas alguns aspectos da verdade, enquanto Kotama Okada possui a verdade completa.
Refutação:
O Consolador referido por Jesus é o Espírito Santo, e não Okada(João 16:7,13) Uma das funções do Espírito Santo é glorificar a Jesus, no entanto Okada não lhe dá a glória devida(João 16:14). O Consolador veio no dia de Pentecostes em 33 D.C. em Jerusalém e não em 1959 no Japão(Atos 2:1-4,33). Cristo disse com respeito do Consolador: "ele habita convosco e estará em vós"(João 14:17), isso deixa claro que seria impossível o Consolador mencionado por Jesus ser Kotama Okada. Jesus Cristo não ensinou apenas alguns aspectos da verdade, mas toda a verdade, Ele mesmo é a verdade(João 14:6; João 1:17). Seja em seu ministério terreno, ou celestial por meio do Espírito Santo, Jesus revelou a verdade completa, e temos registrado essa verdade no Novo Testamento, que junto com o Antigo Testamento compõe a revelação completa de Deus para a humanidade, sem nenhuma necessidade de "novas revelações" ou "outras verdades"(Hebreus 1:1; João 16:12-13; II Timóteo 3:16-17; Apocalipse 22:18).
4.A importância da purificação pelo "Okiyome"
De acordo com a A.R a purificação é a chave da felicidade e da saúde.As causas de todos os males que arruínam os homens são as impurezas espirituais, o esquecimento de Deus, a intoxicação pelos alimentos e medicamentos, os maus espíritos, e a destruição da natureza. O remédio para esses problemas é a purificação espiritual pela expiação dos erros desta vida e das vidas anteriores e a aplicação do "Okiyome", que é a transmissão da luz divina pela palma da mão. Os resultados da aplicação do "Okiyome" são: a transformação dos maus espíritos em bons espíritos, eliminação de toxinas, curas espetaculares e eliminação de dificuldades de qualquer gênero. O mal está em toda parte:planta, animais, objetos, casa, alimentos, pessoas, etc.
Refutação:
O problema do homem é um só - o pecado (Romanos 3:23, 6:23; João 16:8-9). O remédio também é um só - JESUS (João 1:29; Mateus 1:21; João 8:24).A expiação dos nossos pecados é obra de Jesus Cristo e não nossa(I Pedro 1:24; Levítico 16:15-16; Isaías 53:4-6). Crer na existência de vidas anteriores é admitir a "reencarnação", e tal doutrina é antibíblica(Hebreus 9:27; Lucas 16:19-31). A A.R oferece um meio de purificação diferente daquele que Cristo oferece, somente o sangue de Jesus realmente purifica ( João 1:7,9; Hebreus 9:14). A conclusão a que chegamos é que a A.R é rival do cristianismo, não há como conciliar, aceitar um é negar o outro.
5. A superioridade dos purificados
De acordo com a A.R os "purificados" conhecerão a felicidade, a paz e o estado de "Ken -Wa- Fu": saúde perfeita, harmonia e segurança material, e constituirão a semente da próxima civilização. O Deus Supremo prometeu irradiar o "batismo de fogo" sobre a humanidade, como luz de cura para os seguidores e uma luz para destruir os não crentes. A A.R alega não ser apenas uma religião ou seita, mas "A Religião", a religião original da qual todas as outras vieram. Okada ensinou que: até o momento em que recebeu as revelações do Deus Supremo, todas as outras religiões haviam inventado histórias falsas e quase todas estavam baseadas em mentiras. Segundo ele, o Deus Supremo lhe deu a responsabilidade de corrigir os enganos e devolver a humanidade a seu estado original de pureza. Somente os "purificados" poderão sobreviver, e todas as religiões são inferiores a A.R porque só Okada teve um contato direto com Deus, que lhe havia revelado que a Mahikari era a única religião verdadeira.
Refutação:
Acreditar que a purificação e os problemas são solucionados por meio do "Okiyome", e que esses "purificados" estão em uma situação vantajosa ao restante da humanidade é o mesmo que colocar toda esperança do homem em um sistema humano falho. Toda seita herética se assemelha nesse aspecto, não importa quando a seita foi fundada, ela sempre oferece a melhor resposta. Deus deixou bem claro na Sua Palavra que o pecado separou o homem Dele, e que somente por meio de Jesus Cristo o homem pode ser salvo da ruína (João 14:6; 10:9-10; Atos 4:12; Romanos 5:1). A separação e a condenação está em relação a nossa atitude para com Cristo, e não em reconhecer os ensinos da A.R (João 3:14-21). O exclusivismo da A.R é uma forte característica de seita. Enquanto por um lado veste uma máscara proclamando querer unificar todas as religiões e que não há nenhum problema em praticar seus ensinos e fazer parte de algum outro grupo religioso, por outro lado proclama ser a única religião verdadeira e que possui "toda a verdade".
6.Superstição e idolatria
Os iniciados da A.R recebem um curso de três dias para aprender as orações Mahikari, praticar Okiyome, venerar o Goshintai(altar de Deus), e recebem o amuleto sagrado "Omitama". Sem o "Omitama" a "luz divina" não pode ser transmitida, além disso ele protege o indivíduo dos espíritos maus, o acompanha após a morte, e assegura um vínculo com Deus.Os adeptos da A.R são proibidos de abrir o "Omitama" e ver o conteúdo dele, se desobedecerem e abrirem, a conexão deles com Deus acabará e o poder de transmitir a luz divina cessará. Alguns ex-membros da A.R. abriram o "omitama" e encontraram dentro dele caracteres japoneses das iniciais de um nome adotado por Okada (Seio Okada). São ensinados ainda de que o "Omitama" vale mais que a vida, portanto não devem deixá-lo cair, não podem abri-lo, molha-lo, ou deixa-lo tocar em roupa da cama, e nem passar "raixo x" por ele, se alguma dessas coisas acontecer ele se tornará sem nenhuma serventia e o contato com Deus será rompido, então os espíritos maus entrarão nos corpos deles e em suas famílias. Os adeptos da A.R que estão altamente qualificados podem solicitar um goshintai(altar) para sua casa, no entanto as exigências são maiores, por exemplo: se alguma pessoa entra no local onde o goshintai está situado e não pede permissão pode morrer na hora ou algum familiar pode morrer. Os adeptos da A.R ainda precisam praticar o chamado "butsudan", que é o culto aos espíritos ancestrais em altares, essa prática deve ser feita com todo cuidado porque previne sofrimento e dor nessa vida.
Refutação:
A adoração ou veneração deve ser dirigida apenas a Deus (Mateus 4:10; Lucas 10:27; Romanos 1:21,25). Atribuir "poder" a um amuleto é prática supersticiosa, a proteção vem do Senhor e o poder pertence somente a Ele(Mateus 28:18; I Pedro 5:7; Salmo 62:11, 23:1).Os espíritos dos mortos estão inconscientes do que acontece na terra(Eclesiastes 9:5-6), ainda que conscientes no céu ou no inferno(Lucas 16:19-31), portanto não podem interferir no que acontece aqui, e muito menos devem ser cultuados(Romanos 1:25).
7. Os adeptos da A.R são os verdadeiros judeus
De acordo com os ensinos da A.R os adeptos da seita são os verdadeiros levitas. Okada ensinou que os judeus perderam o favor de Deus quando deixaram o templo de Salomão ser destruído, e por isso passaram por incontáveis sofrimentos através da história.Em vez de destruir completamente os judeus, Deus salvou alguns, os chamados levitas. Okada acreditava que esses levitas correspondiam a alguns indivíduos de uma tribo judia japonesa. Esses levitas cuidavam dos objetos sagrados dos judeus e era a tribo mais favorecida por Deus. Os adeptos da A.R são as almas reencarnadas desses levitas e os escolhidos por Deus para nossa era.
Refutação:
Para quem conhece a Bíblia e a história é difícil de aceitar essa teoria da A.R. O fato dos judeus terem sido punidos por Deus,aconteceu porque eles desobedeceram ao Senhor e persistiram nessa desobediência. E uma das principais desobediência deles foi a idolatria, coisa que a A.R pratica (II Crônicas 36:11-17; II Reis 17:13-23; Êxodo 20:3-6). A reencarnação não existe, é pura doutrina de homens e demônios, a Bíblia reconhece apenas a ressurreição (Daniel 12:2; I Coríntios 15:35-58; I Tessalonicenses 4:13-18).
8. A sacralização do templo de Su-Za

A A.R construiu um grande templo chamado Su-Za, é considerado o maior templo do mundo construído para o Deus Supremo. Esse templo foi construído em 1984, em uma área de 20.000 metros quadrados, a um custo de 45 bilhões de yens - aproximadamente US $400 milhões de dólares. Deve ser considerado o "Novo Templo de Salomão", a última oportunidade para a humanidade permanecer debaixo da proteção de Deus, a "Arca de Noé" para o século XXI, onde cabe cerca de 10.000 pessoas. Os adeptos da A.R devem manter esse templo por suas ofertas para que não aconteça de Deus destruir a Terra e castigar os humanos como fez com os judeus. Fazer ofertas para o templo é uma solene responsabilidade para os verdadeiros levitas - os adeptos da A.R , assim como transmitir a "luz divina" e manter-se fiel aos ensinos.
Refutação:
A A.R dá uma importância ao templo material, que o próprio Deus não dá, porque Ele não habita em templos feitos por mãos de homens(Atos 7:48-50; 17:24-26). Jesus é a proteção de Deus e a verdadeira "Arca de Noé" para todo aquele que nele crê (João 14:6; Mateus 24:37-39; Atos 4:12; Salmo 91:1, 46:1). A prática de sacralizar templos leva ao fanatismo, que por sua vez leva a idolatria (Atos 19:24,34-35; Jeremias 7:4-8).
9. Jeová era um deus japonês
Okada ensinou que Jeová (Deus dos judeus e cristãos) era o mesmo deus japonês chamado "Kuniyorozu Tsukurinushisama" , quando foi destruído o templo de Salomão, a arca foi devolvida ao Japão, onde está no templo de Ise. Os judeus pertencem a Casa de Davi e os japoneses provem da família imperial japonesa, que está conectada com o Deus do Sol, o Deus Supremo, que é um Deus muito mais elevado que Jeová. O Japão é a origem do gênero humano e dos idiomas.
Refutação:
Além de manterem que são os verdadeiros judeus, os adeptos da A.R acreditam que Jeová é um deus menor que o Deus Supremo, o que é um outro absurdo. Deus é um (Tiago 2:19; I Timóteo 2:5), e Jeová é Deus (Êxodo 3:14-15; Salmo 83:18), então o "Deus Supremo" da A.R que não é Jeová, é um falso deus (II Coríntios 4:4; I Coríntios 8:5-6). Acreditar que Jeová é a mesma divindade japonesa denominada "Kuniyorozu Tsukurinushisama" e que a arca da aliança está no Japão é uma fabula que o cristão tem de rejeitar(I Timóteo 1:4).
10. A importância de Sachiko Okada
A Sra.Okada(Oshienushi-Sama) é a líder da "Sukio Mahikari", considerada a "única razão" do planeta Terra ainda não ter sido destruído, isso porque ela pede constantemente para Deus dar mais tempo para a humanidade, enquanto pede para seus adeptos fazerem melhores esforço em divulgar os ensinos da A.R. Os adeptos fazem de tudo para cumprir as expectativas da Sra.Okada. Através da Sra.Okada foram construídos monumentos enormes e extremamente luxuosos, enquanto ela elevava seu nível espiritual. A Sra.Okada acredita que é dirigida por Deus em todas as circunstâncias, e geralmente declara - "Deus me ordenou para fazer", e algumas vezes menciona ao mesmo tempo "Deus" e o "Sukuinushi-Sama"("o Salvador da humanidade"-Kotama Okada) reforçando a idéia de que Deus e Okada tem os mesmos propósitos. Quando a Sra.Okada viajou para Israel em 1993 a A.R alegou que somente a sua presença evitou que se manifestasse a batalha do Amargedom e a paz prevaleceu no Oriente Médio. A Sra.Okada e antes dela Kotama Okada estabeleceram a teocracia, os adeptos devem total obediência aos ensinos de Kotama Okada, e obedecer totalmente as orientações da Sra.Okada. Questionar a autoridade da Sra.Okada não é permitido, e se alguém vier a questionar isso é resultado de uma "perturbação espiritual".
Refutação:
Mesmo que não queiram admitir os adeptos da A.R endeusam a Sra.Okada. Os verdadeiros servos de Deus só aceitam ensinos que estão de acordo com a verdade revelada na Bíblia (Isaías 8:20; João 17:17). Paulo ao contrário da Sra. Okada quando pregava em Beréia não criticou aqueles que avaliavam os seus ensinos com as Escrituras (Atos 17:11). Paulo questionou Pedro quando esse estava fora da Palavra de Deus(Gálatas11-14), e Tiago ensinou que facilmente podemos tropeçar em palavra (Tiago 3:1-2). A humildade que os apóstolos e discípulos tinham, a Sra. Okada não tem!
11. A caridade de acordo com a A.R
A verdadeira caridade para os adeptos da A.R não é ajudar os necessitados, mas é expandir a verdadeira religião de Okada para que mais pessoas possam receber a "luz divina". Construir hospitais para salvar os doentes, coletar donativos, só aumenta o número de pacientes que se envenenam com os medicamentos, isto está muito longe de ser caridade. Trabalho de caridade são atos de remover enfermidades, pobreza, e tornar a civilização sã e segura nesta terra. Mas para que isso aconteça é necessário expandir a "civilização celestial", e corrigir os erros do presente. Dar ofertas para A.R expande um circulo de salvação que alcança o maior número de pessoas, e isto é caridade.
Refutação:
Caridade é ajudar o nosso próximo em suas necessidades e deve ser feita com amor. Amar ao próximo e ter condições de ajudá-lo, e no entanto não fazer nada, é falta de amor(I Coríntios 16:14; Tiago 2:15-16; I João 3:16-18). Deus não faz acepção de pessoas ao ajudar a humanidade (João 3:16; Mateus 5:44-46), no entanto a A.R acredita que caridade consiste apenas em espalhar seus ensinos, e os que aceitarem tais ensinos serão beneficiados, mas aqueles que rejeitarem, não! Jesus morreu em favor de todos, mesmo sabendo que seria rejeitado, e devemos fazer o bem a todos ( Gálatas 5:10).
12. A admiração de Hitler
Okada explica que Hitler provem de uma linhagem espiritual, "HI-TLER", HI=espírito do sol. Okada se referia a suástica(símbolo nazista) como "HI", o que indica a volta para o espírito positivo=yang=fogo. A agressão militar nazista na Europa na Segunda Guerra Mundial é vista como parte do "Plano Divino", no qual Deus estava castigando os judeus e outras vítimas da guerra, que estavam compensando o "carma" negativo deles e de seus ancestrais.
Refutação:
Deus não tem prazer até mesmo na morte do ímpio (Ezequiel 18:23,32), e rejeita segundo a Bíblia a atitude do homicida Hitler (I João 3:10-12; Êxodo 20:13). Acreditar que os judeus e os que sofreram na guerra estavam apenas sofrendo a conseqüência do "carma" é acreditar na reencarnação,ou que estavam sendo punidos pelos erros dos ancestrais, são doutrinas antibíblicas, além disso justifica a atitude de Hitler,o que é um absurdo! Ainda que tudo o que aconteça esteja debaixo da soberania de Deus, isto no entanto, não indica que tudo o que acontece é porque Deus quis que acontecesse, isso seria adotar o "fatalismo" e acusar Deus de espalhar o pecado. Deus criou Adão e Eva e toda raça humana com liberdade, e por isso quando erram se tornam responsáveis pelos seus erros. Deus permite certas coisas, no entanto isso não indica que seja sua vontade que essas mesmas coisas aconteçam, por exemplo: Deus não quer que a humanidade peque contra Ele, e não quer que ninguém pereça, no entanto, as pessoas pecam e muitas vão para o inferno. Isso não quer dizer que Deus levou essas mesmas pessoas a cometer os pecados e a irem para o inferno (I Timóteo 2:3-4; João 3:16; Tito 2:11-14; Deuteronômio 30:19,etc).
13.O ambiente psicológico fechado
Os ensinos da A.R são considerados divinos e portanto não devem ser questionados. Se um adepto tem dificuldade de entender algum ensinamento é porque "não cresceram ainda espiritualmente" ou tiveram algum "mal entendido cultural". Se alguém critica a A.R é porque está sendo "influenciado ou até mesmo possuído pelos espíritos maus" que se opõem a verdadeira religião de Deus. Os ex-adeptos da A.R são vistos como "perturbados espirituais" ou "possessos por demônios" ou estavam vivendo desordenadamente e não suportaram a pressão da "luz divina". Os meios de comunicação e a Internet são manipulados por forças negativas, portanto os adeptos devem procurar manterem-se afastados para não serem manipulados ou contaminados.
Refutação:
A Bíblia ensina que o crente em Cristo é livre (João 3:8, 8:36; Romanos 14:5; II Coríntios 3:17).A verdadeira motivação para servir a Deus é o amor, e não o medo (II Coríntios 5:14; I João 4:18).Não devemos nos submeter a um jugo de escravidão (I Coríntios 7:23; Gálatas 5:1, 5:13, II Coríntios 1:24).Temos de saber discernir e avaliar tudo (I Tessalonicenses 5:21; II Timóteo 2:15, 4:13; Hebreus 5:13-14; I Coríntios 10:15; Salmo 32:9;Marcos 12:30; Isaías 1:8).A liderança não está isenta de erros (Gálatas 2:11-14; Atos 15:36-40; I Timóteo 5:19,20; I Pedro 5:3). João escreveu advertindo-nos - "Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora." (I João 4:1)
14. A viajem de Moisés ao Japão
De acordo com Okada, Moisés foi ao Japão quando "desapareceu no Monte Sinai", então foi treinado por sacerdotes Xintoístas que lhe outorgaram 20 dos seus 36 mandamentos, e a estrela de Davi para que se levassem a Israel.
Refutação:
Essa é mais uma lenda que é ensinada aos adeptos da A.R. A Bíblia deixa claro que os mandamentos dados a Israel foram dados por Deus a Moisés, e não pelos sacerdotes do Xintoísmo (Êxodo 20:1, 31:18;Deuteronômio 5:1-4). Moisés não esteve no Japão, mas permaneceu no Monte Sinai durante o tempo em que esteve lá (Êxodo 19:3, 34:2, 32:11; Deuteronômio 9:25). O "Xintoísmo" é uma religião nativa do Japão que atribuía origens divinas à família imperial japonesa, e suas cerimônias consistiam em invocar os KAMI, poderes da natureza, para solicitar-lhes um tratamento benévolo e proteção, e construir santuários para as divindades tribais. Tal religião é incompatível com o culto devido a Jeová no Antigo Testamento. Como Moisés poderia ter sido treinado por sacerdotes que praticavam a idolatria, que é a prática condenada no primeiro e segundo mandamentos da lei (Êxodo 20:3-6)?! Quanto a "estrela de Davi", esse símbolo judeu originou-se muito tempo depois da vida de Moisés. Na época de Moisés, Davi nem existia!

Conclusão: Longe de ser "A Religião", a A.R é apenas uma seita semelhante a Igreja Messiânica Mundial. Uma seita oriental que mistura algumas verdades bíblicas com ensinos distorcidos, supersticiosos e de tendências espíritas. Possamos orar pelos adeptos da A.R para que venham realmente a conhecer a verdadeira Luz Divina - Jesus Cristo. Certa feita Ele declarou: "Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida." João 8:12

x fechar